terça-feira, junho 21, 2011

Há alturas em que eu só devia estar sozinha. Sozinha sempre me vou entendendo comigo, com os outros irrito-me e entristeço-me sem porquê. Às vezes penso que se as pessoas me aturam nestas alturas e não me mandam à ... (aí) é porque devem gostar muito de mim.

4 comentários:

Alma Rebelde disse...

Também prefiro a solidão Dulce,não a solidão de me sentir só,mas aquela solidão em que eu e Deus estamos juntos,em sintonia,em paz,em segurança,em que nos entendemos sem palavras.Apenas estar.
Por vezes a presença das criaturas torna-se insuportável,o mal que elas têm dentro delas sem darem conta disso,dá-me a sensação de mau estar.Bjs

Maria-Portugal disse...

Só ou acompanhada é sempre Deus que preside ...NELE consigo desfazer más compreensões a que o facto de não sermos ilhas nos conduz...

Bjs e força NAQUELE que fortalece as nossas fragilidades!!

Clara disse...

são fases! tb sou assim, neste momento a pessoa que ta aqui ao meu lado ta a falar pelos cotovelos (ou nem tanto) e eu tou a passar-me!!! são fases

mfc disse...

Essa solidão é nos tão necessária!
Vais sentir-te bem em breve!!
Beijos.