segunda-feira, dezembro 19, 2011

Nada a fazer. O pré-Natal desequilibra-me sempre um bocado, e às vezes muito mais do que um bocado. Detesto as luzes e as canções natalícias com o mesmo fervor com que noutros tempos me encantavam. Do Natal do dia 24, gosto muito. A casa, os meus irmãos, os sobrinhos, a excitação deles com as prendas... e até, e talvez sobretudo, o espírito da minha família que - muito graças aos meus pais - nunca foi de trocar grandes presentes. Presentes para as crianças. E os garotos mais velhos já  começam a dizer que "Não é preciso nada". Para nós é suficientemente bom patilharmos a mesa, as conversas cruzadas, os risos.
Nem sempre foi pacífica a minha relação com o Natal. Durante muitos anos, detestei-o. Por razões que o coração e a razão bem conhecem, mas de que não me apetece falar. Foi precisamente a chegada dos sobrinhos à família que me reconciliou com o Natal. Eles, os meus garotos, reconciliam-me com a vida toda, é essa a verdade.

Este texto está confuso cumórraio, mas... quéquissinteressa?

8 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Os miudos trazem qualquer magia que se tenha perdido de volta :)

Luz de Estrelas disse...

Nada confuso...

mfc disse...

Eu ainda estou na fase pré-conciliação!
Continuo a não gostar.

Maria-Portugal disse...

Um Menino nos foi dado para que vivessemos melhor...é natural que os meninos que vão chegando sejam um reflexo dessa Boa Nova.

Tenho pena de não ter os meus aqui...mas damos a volta por outro lado para que o Natal de Jesus sempre aconteça.

Bjs para ti!

luz-estelar disse...

eu entendi tudinho.
e abraço-te.

Anna^ disse...

Eu reconciliei-me com o Natal à cerca de dois anos...e não me arrependo.
Abre o teu coração e deixa as coisas fluirem...sem pressas.
Um Santo Natal para ti minha querida!

deep disse...

Dulce, não decerto pelas mesmas razões, também fico deprimida com os preparativos para o Natal. Chegado o dia 24, também acalmo, porque me sabe bem estar em família.

Faço votos que o teu Natal seja como tu desejas. Um abraço.

flor disse...

Apesar disso, que tenhas um Natal cheio de sorrisos :) Beijinhos