sábado, agosto 14, 2010

Das coisas que eu digo

Para um rapaz que queria à viva força esconder (com fond de teint - base) uma tatuagem que tinha no pescoço e que eram as iniciais da ex-namorada.
- O amor eterno é muito efémero.

4 comentários:

mãeee disse...

E dizes muito bem minha querida!
Olha, respondendo à pergunta que me colocaste lá, no meu poiso: estive em todos os sítios que disseste e ainda fui dar um pulo ao interior :)
Uma semaninha que passou a correr, mas fez maravilhas ao meu equilíbrio familiar e pessoal
beijos doces

mfc disse...

... e só dura enquanto dura!
Um beijo.

Violeta disse...

:)

Ana disse...

Aí está uma coisa que acho pior que o "amor de mãe" dentro de um coração desenhado a tinta da china:p
A ser, que seja num sítio que só vejam os 2. E depois, se houver próximo/a, que tenha o mesmo nome lol.