terça-feira, fevereiro 21, 2006

Ronhó-nó


É preciso uma paciência com esta minha gata! Pero me encanta!!, diria o espanhol... Enfim, não sei se diria. Digo eu, que convivo todos os dias com gente que fala castelhano, e mentras oiço sempre vou aprendendo alguma coisa... ainda que seja alguma coisa errada. :)

Ela, A Julie Ronhó-nó, salta-me para o ombro mal eu entro em casa... e eu adoro a recepção!
Deixa-se ficar quietinha aconchegada a mim mal eu acordo, e ficamos assim a contemplar-nos uma à outra. Como eu gosto desses momentos!
Há uns meses não suporia que fosse capaz de viver com uma gata, e agora nem faço ideia de como viveria sem ESTA gata!
Mas é tão chatinha, valha-me Deus!
Então quando eu quero sair e estou com pressa, e ela insiste em saltar para o meu ombro, vezes a fio! Quando posso tapo-lhe os olhos com uma mão, enquanto abro a porta com a outra (quando o meu braço a alcança). Acho que só isto a dissuade do salto.
Embora não goste nada da rua (fica assustada), adora escapulir-se para as escadas e ficar à espera que eu a vá buscar. Depois é o jogo da apanhada, prédio abaixo, prédio acima, até que se cansa e fica estiraçada e feliz, no chão, à espera que eu a agarre ao colo.

(Só acho que como ela passa o tempo todo em casa, e eu vou trabalhar para ganhar o pão meu e a ração dela para cada dia, a bichinha devia colaborar nas tarefas caseiras, que eu, por sinal, odeio. Pois não acham? Até comprei um aspirador novo, e expliquei-lhe como funcionava... mas qual quê?!)

5 comentários:

Mocho disse...

Ai que gata linda que tu tens...estamos sempre acompanhados quando temos os nossos animais à volta, não é? Olha, eu até acho que nenhum ladrão entra na minha casa a pensar que eu estou sózinha. Passo as horas do meu dia a falar, a zaragatear, a brincar, a barafustar...com as minhas 2 dog`s e com a minha gatinha Francisca. Aliás, falar de animais para mim é falar sem parar ( e escrever, tambem). É mesmo bonita a ronho-nó.

nokinhas disse...

É uma questão de insistência... Se essa gata custa a aturar, nem imaginas o que a minha cadela dálmata de 2 anos faz! Não há pachorra! Quem me dera ter uma gata!

Obrigada pela visita.

Bjs.

Avozinha disse...

Linda, a gata! Também tenho uma, a Migas, que me dá cabo da pachorra e faz tudo o que essa faz, excepto saltar para o ombro.

Vilma disse...

Ela é mesmo marota! :))))

Marta disse...

aspiradores! o pipoca detesta o aspirador, assim que me vê com ele na mão foge logo e esconde-se.
sitiodasgatices.blogspot.com