quinta-feira, julho 14, 2011

Há algumas pessoas que parecem ter muita dificuldade em perceber que somos nós que escolhemos o caminho da nossa felicidade, e que o caminho pode ser em tudo diferente dos modelos pré-estabelecidos. E que nem sempre se pode ser completamente feliz, mas podemos ser autênticos. Verdadeiros. Simples. E isso já se aproxima de ser feliz.


Às vezes acho que sou feliz. Outras vezes acho apenas que não sou infeliz. Em todos os casos, sou eu que escolho o caminho.

5 comentários:

Luz de Estrelas disse...

Eu às vezes escolho o caminho, outras vezes escolhe-me ele a mim... :) E pode nem sempre ser bom (nem sempre é), mas, enfim, é o meu.

mfc disse...

Às vezes escolhemos o caminho... às vezes!
E algumas vezes somos felizes!

Dulce disse...

Sim, pode ser o caminho a escolher-me. Mas não os outros a escolherem-no por mim. "Não sei por onde vou, sei que não vou por aí".

deep disse...

Completamente de acordo!

Bom fim-de-semana. :)

Bacouca disse...

Dulce
Ser verdadeiro, autentico e simples já é ser feliz!
Todos nós temos que escolher o nosso caminho mesmo que encontremos alguns obstáculos. Mas fomos nós que o escolhemos. E assim crescemos, aprendemos e podemos dizer como tu: acho que não sou infeliz!
Beijo