segunda-feira, julho 11, 2011

A super-avozinha

É assim que é conhecida a minha mãe, lá na aldeia, pelos garotos da escola primária. Acho imensa piada, e registo-o aqui para não me esquecer. A minha mãe tem 74 anos e pedala que se farta na sua bicicleta por aquelas ruas fora. É uma mulher cheia de energia, que entretanto tem ficado magrinha e pequenina... Uma mulher cheia duma energia que lhe vem também da necessidade de cuidar dum marido doente e rabugento q.b., o meu pai...

7 comentários:

Manuela disse...

Querida Dulce achei piada dizeres que a tua mãe é cheia de energia, mas que tem ficado magrinha e pequenina, pois com a minha que tem mais 8 anos que a tua, acontece o mesmo ;)

Anna^ disse...

Que delícia este relato Dulce :)

Dulce disse...

:)
É a vida e o amor que dão que as vão diminuindo em tamanho, só em tamanho... acho eu, Manuela.

CV Love disse...

Que mimo tão a uma mãe! =)

Lacorrilha disse...

Que maravilha.
A minha avó tem 75 anos e também tem uma estaleca invejável. :)

mfc disse...

Vê-se que tens uma relação muito especial e bonita com a tua mãe!
Beijinhos.

Bacouca disse...

Dulce,
Que ternura o retrato da sua Mãe! E que força da natureza, por dentro e por fora!
Sempre que puder não perca minutos, nem horas para estar com ela!
Beijo