segunda-feira, janeiro 16, 2012

Obrigada por não cederes sempre à minha vontade.

Porque às vezes - muitas vezes - as coisas que desejo muito só me fariam mal, a médio ou longo prazo. A mim e / ou a outros.
Deus meu, ajuda-me a compreender que o Teu amor por mim é infinitamente maior que o meu amor por quem quer que seja, incluindo, claro, eu própria.

7 comentários:

mfc disse...

Bem... se tu o dizes!!

Dulce disse...

Mfc... digo! :) E já esperava um comentário mais ou menos como este, vindo de si. É engraçado como na blogosfera acabamos por nos conhecer uns aos outros. E respeitarmo-nos nas diferenças é muito bom. É ou não é?

mfc disse...

É sim senhor... mas não quiz abster-me de comentar... respeitando, claro está!

mfc disse...

Ahhh... ia-me esquecendo de mandar um beijinho!
(seria imperdoável)

Dulce disse...

Um beijinho também para si. Com muito carinho. Gosto MESMO de o ver por aqui!

Bacouca disse...

Dulce,
Quantas vezes esses pensamentos nos assaltam. Mas segura-te pois se fazem mal e ti ou aos outros tens o reverso da medalha: quando a cabeça não tem juizo...
Beijo

Só sedas disse...

:) Lindo