segunda-feira, junho 07, 2010

Coisas que marcam

Doze anos depois de ter deixado o ensino, ainda me arrepia a visão de escolas secundárias.
Estou em crer que, havendo inferno, e caso eu lá vá parar, ainda me hão-de obrigar a dar aulas a putos indisciplinados.

3 comentários:

@uror@ disse...

Dizes bem que trabalhar numa Secundária é um Inferno actualmente.
À doze anos era melhor.
Deram muitos "Ámens" aos meninos,agora não à volta a dar.Mas muitos paizinhos tb têm culpa.A Educação começa em casa.Há pais piores do que certos alunos.
As escolas agora são boas para aprenderem a ser Gangsters ,e ai de quem der um pio,que das ameaças ao acto é um instante.
Na escola onde trabalho têm sucedido bastantes problemas a esse nível.
Mas não existe castigo para os meninos,porque são menores.
O castigo é só para quem quer trabalhar.O sistema está assim.
Nem a maioria das pessoas sabe o que é aguentar a tortura psicológica de ter que trabalhar numa escola onde chega a ser um campo de concentração.
Enfim havia muito mais para dizer...
Contra factos não há argumentos.Posso é dar um conselho,quem trabalhar numa escola.Seja professor(a) ou funcionário(a),leve uma mini-câmara de filmar e filme tudo às escondidas e depois envie para os os responsáveis dos altos cargos do Ensino,para saberem como é estar no terreno.
Bjs,tenho pena que não estejas amanhã presente.

Avozinha disse...

Livraste-te a tempo... Isto está muito pior... Com os governos adeptos da teoria do "bom selvagem", os meninos merecem sempre mais uma oportunidade, façam eles o que fizerem.
Mas enfim, ainda há bons momentos, ainda há o prazer de olhar para uma turma a trabalhar e pensar: Isto está a acontecer comigo! Consigo ensiná-los e pô-los a trabalhar!

deep disse...

Compreendo-te. :)