quinta-feira, junho 17, 2010

Quero sempre alguma coisa nova.

Agora quero muito encontrar uma casinha barata com quintal. Apetece-me um quintal. Apetecem-me flores, alfaces, morangos, apetece-me mexer na terra, apetece-me um quintal. Um murinho e uma cancela antes de chegar verdadeiramente a casa. Um caminho para fazer com pedrinhas e um tapete à entrada que diga qualquer coisa foleira como "bem-vindo".

6 comentários:

Luz de Estrelas disse...

:)

Sophis disse...

E depois vamos lá e fazemos um almoço à sombra de uma oliveira.

Mocas disse...

és cá das minhas!

flor disse...

Como eu partilho do mesmo desejo que tu... Acho que não me iria sentir tão segura, como do alto do meu 7º andar mas não há dúvida que uma casa só nossa sem vizinhos por cima e por baixo, e com um espaço para ter o nosso jardim, um espaço para as crianças, era de sonho. REsta-me ir jogando no Euromilhões :)

Ana disse...

a mim também :)
acho que mais desde que comecei a ver como é bom ir à quinta do meu namorado e comer laranjas, tangerinas, cerejas, uvas acabadinhas de colher...e beber água da mina, fresquinha sempre a correr...e ter azeite caseirinho no prato e ovos directamente do galinheiro...
mas eu também já me contentava com um "quintalzinho" com as minhas alfaces e uma árvore de fruto para pendurar um pneu em forma de baloiço:)

Jaime Piedade Valente disse...

fazer amor no meio de uma horta é uma maravilha, tal como ler um livro ou conversar com um amigo

é melhor que a praia