terça-feira, maio 09, 2006

Confusa q.b.

Pediam uma ajuda, pequena que fosse, em nome da Remar. Nada de mais. Mas, no meu entender, mais valia que se tivessem ficado por aí. Dizia uma das senhoras que ainda bem que tinha conhecido a droga, porque se não fosse por aí nunca teria conhecido Deus. Porque se estivermos bem, como vamos procurar Deus? Deus procura-nos através das nossas enfermidades, através do sofrimento...


Aiiiii, que me arrepiei!
Avisei que não queria ser evangelizada, dei-lhes a moeda que espero venha a servir a alguém, e ala que se faz tarde! O cheiro da beatice no ar...

3 comentários:

deprofundis disse...

O cidadão Teodoro Faria, Bispo do Funchal, também afina pelo mesmo diapasão. Diz que a doença é boa, na medida em que desperta nas pessoas sentimentos de solidariedade...
Estaremos a regressar à Idade Média?

tikka masala disse...

Qualquer dia também dizem que a guerra é boa...

Anónimo disse...

Nice colors. Keep up the good work. thnx!
»