quarta-feira, maio 24, 2006

Lágrimas de crocodilo?

Pôs-me à frente um cartaz que dizia que uma menina precisava de medicamentos. "Doença grave" - dizia - "Eu ucraniana". E tinha os olhos rasos de lágrimas. E eu hesitei entre deixar-me enganar, ou debater-me com a minha consciência. Dilema de tantas vezes, dilema de quase sempre. Dei um euro, a unidade, só um, e debato-me à mesma com a minha consciência. Se fosse eu num país estranho e perdida? Imaginando que era verdade... E até imaginando que era mentira... Porque constroem as pessoas estas mentiras?

Que fazemos aos nossos irmãos?

(Deixem que vos conte que me ocorreu uma pergunta: Podem vender-se dentes de ouro, ou empenhar-se?)

Não sei que equilíbrio encontro entre a minha crueldade, as minhas dúvidas, a minha vontade de ser límpida e boa... DESEQUILIBRO-ME.

Sem comentários: