domingo, novembro 12, 2006

Acção de graças

Por sugestão de uma amiga, li uns livros sobre pensamento positivo, relaxamento, meditação, coisas dessas...

Eu até gostei, só que para mim não faz sentido dar graças ao Universo, ou estar em sintonia com o Cosmos.

Deus, o meu Deus de menina, O que desde menina me acompanha... é Deus.
A Ele agradeço. É no Seu coração que quero estar. Ou trazê-Lo no meu coração.
Qualquer coisa. A mesma coisa.

Não há cá Cosmos ou Universo...

(Haver Universo, há, eu sei... :) Mas o Universo é impessoal. E eu não sei explicar isto melhor... ficamos assim.)

5 comentários:

vilma disse...

Ele é um Deus pessoal sem dúvida.. e acho que é isso que constrange muita gente!
:)

Margarida Atheling disse...

Haver há... há o Universo que Ele criou. Ele, o Deus de cada uma de nós em meninas! :)

Beijinhos

Dulce disse...

Eu sei que há o Universo, Margarida.
:)
Não há Universo a quem eu agradeça, era o que as minhas reticências queriam dizer.
O Universo é impessoal, não dá para comunicar com ele. Com Deus, sim.
Capisce?

limonada disse...

E está tudo muito bem explicad!

Avozinha disse...

E se o pudéssemos explicar, não seria o que é!