terça-feira, novembro 28, 2006

Madrugada prazeirosa e caseirinha

Adormeço de cansaço ao fim da tarde, e agora (duas e meia da manhã) não tenho sono. Aposto que terei sono, mais logo, quando o despertador anunciar a hora de levantar. À falta de sono, levanto-me e vou cozinhar o almoço de amanhã. Um cano do lava-louça manifesta o seu descontentamento e enche-me a cozinha de água com detergente. Aproveito a onda (quase literalmente) e lavo a cozinha. Colo no meu cérebro um post it amarelo imaginário - parecido com o amarelo canário - "Lembra-te, mulher, que és pó, não uses o lava-louça que ainda te transformas em lama..."
Almoço feito, e sobejante, decido jantar. Às duas e tal da manhã, couve de bruxelas com peixe e arroz.
Acho que agora vou dormir...
Até amanhã, e "amanhã" é uma forma de dizer...

3 comentários:

CLS disse...

Ó pá, couves a essa hora não fará mal?! Q lanchinho ligeiro, eheheh!
Bjs

deep disse...

Tenho um primo que tinha por hábito, quando era mais novo e chegava a casa já tarde, fazia uma massa com chouriço ou presunto para comer antes de deitar! Confesso que, quando assistia ao repasto, me causava uma certa impressão. Confesso-te que já me apeteceu comer sopa antes de dormir, mas não me lembro de o ter feito.

bjs

deep disse...

Errata: "(...) que tinha por hábito (...) fazer (...)"!