terça-feira, novembro 07, 2006

Outra conversa parva

Estávamos a conversar, eu e uma colega de trabalho, acerca das reformas, e da hipótese de não as haver quando nós formos pensionistas. Ou, neste caso, despensionistas. Passei-me da imaginação:
- Ah! Eu vou fazer uma greve de fome para a frente da assembleia da república, afirmo que não como porque não tenho o que comer, porque a Segurança Social faliu. O presidente da república há-de ir todos os dias levar-me um pratinho de sopa, e eu não serei mais grevista, mas A Mendiga do Estado. Vou aparecer nas televisões todas, e depois tu hás-de dizer aos teus netos, de peito inchado, "Eu trabalhei com a Mendiga do Estado!"


(E é assim que eu penso ser famosa um dia!)

4 comentários:

maria disse...

Mendiga do Estado parece-me uma honrosa posição ,se bem que fracamente remunerada...hum...mas anima-te...não serei a ultima geração de pensionistas...sempre estamos à beira...mas no último momento a coisa gira...

LucioInferro_Adolfo disse...

Deixa lá isso...a vida são dois dias e podes gastar o terceiro no nosso blog
http://jurisprudencia-metafisica.blogspot.com/

CLS disse...

Eheheh, estas conversas parvas ajudam a mandar a tristeza embora, bora lá produzir mais dessas! :)
Bjs

Maria disse...

Dulcita...se queres ver o contito de que te falei vê por favor, no blog da prosa..Depois dizes-me o q achaste...rsrs foi escrito no dealbar dos meus 19 anos...Abraços fortes