quarta-feira, julho 05, 2006

Ó blogue, pá!


...vais ficar sem mim por uns dias, ok? Vou para o campo. Vou dormir na minha cama de menina, abraçar os meus sobrinhos, acalentar os meus pais... Vou sentir o cheiro da horta, talvez regá-la, talvez mergulhar os pés no barro molhado.
Por uns dias, não me terás aqui.
Sei que quando voltar vou ligar o computador e abrir-te, ó blogue, na esperança de que tenhas comentários novos para eu ler. Porque os comentários são o rasto da passagem dos amigos.
Querido blogue, quando eles vierem, os amigos, diz-lhes que sentem, que estejam à vontade, que escrevam qualquer coisa, que tomem uma bebida.
Eu vou para o campo. Vou sentir o aroma bom das sardinheiras da minha meninice. Não, não são as senhoras que vendem sardinhas, essas não ando a cheirá-las. São estas flores.

5 comentários:

techamama disse...

.... Quem me dera poder ir para o campo, onde nasci, onde vivem as pessoas que me são mais queridas, onde me sinto em casa.... e até sentir o perfume das sardinheiras....
umas boas férias,
bjs
nat

deep disse...

Sabe tão bem voltar ao que parece ter-nos pertencido sempre, não é?
Descansa e aproveita!
Um xi.
Quem dera poder ir de férias...

Ana Rangel disse...

Fiquei com vontade de ir também... :)

Boas férias!

Xana disse...

Que bom!!

limonada disse...

Espero que encontres a paz interior que procuras.