segunda-feira, julho 31, 2006

Mil vezes, mil promessas

Eu perco todos os papéis importantes e guardo todos os que não servem para nada. E tenho a lata de estranhar quando não sei onde pûs tal e tal coisa de que precisava.
Mil e tantas vezes prometo mudar, mil e tantas vezes tento afincadamente, mil e tantas desisto. Eu sou uma mil e tante...

2 comentários:

tikka masala disse...

Já somos duas mil e tantes!! :D Quando é que partimos alguma coisa? (Para formar um partido...)

deprofundis disse...

Partido?
Se alguém tiver um partido, não se preocupe. Eu conheço um médico que lhe parte o outro!...
Vai uma aposta?
(Detesto preencher a casa que se segue com aquela sequência de letras malucas. Piedade!!!!)