terça-feira, agosto 01, 2006

Que é que tens?

Que pergunta!...
Há alturas em que faço um esforço para estar bem, por falta de razões para estar mal. Mas com tão pouco sucesso que mais tarde ou mais cedo alguém pergunta: "O que é que tens?" Não podendo responder "um dia a mais que ontem" detenho-me à procura de conseguir explicar-me.
"Andas esquisita", dizem-me. E talvez queiram dizer a minha falta de paciência, o alheamento do que se passa à minha volta, um "vou ali e fico aqui mas venho já".
Não se percebe, pois não?
Há coisas que não se percebem nem se explicam, vão-se vencendo, porque só de dentro é possível conhecê-las.

3 comentários:

CLS disse...

Compreendi-te, às vezes tb tenho momentos desses.
Bjs

Embirracomcódigos disse...

A resposta é simples:
— O que que eu tenho? Perguntadores metediços!
(Já me enganei três vezes com as malditas letras. Então não é que, depois de cada engano, os marotos do blogger mudam tudo?)

tikka masala disse...

Estou contigo. E com a agravante de ter acessos de raiva por pura frustração. Espero que não chegues a esse ponto!