quinta-feira, agosto 17, 2006

E o Tomás,

o garoto pequenino (17 meses), aprendeu a dar uns abraços tão bons, tão revigorantes!

Sem comentários: