sexta-feira, outubro 13, 2006

Incha, desincha e passa

Ou "A Lógica particular de quando eu estou chateada".
Coisas que habitualmente não têm qualquer importância, não são ofensivas, não me magoam, assumem outros contornos quando eu estou aborrecida ou sensível.
Sou labiríntica*, nessas alturas. Pareceria que tenho prazer em ficar mais triste (recuso-me a acreditar nisso!). Ou então é uma espécie de catarse, porque me faço chorar, e depois de chorar bebo muita água, e quanto mais choro mais mijo, ao contrário do que me dizia o meu pai, e enfim, libertados os líquidos de várias formas, fico melhor.


*É mais ou menos como naquela anedota:
- Tu és um tipo fixe!
(Que quis ele dizer com aquilo? Fish é peixe... o peixe anda no mar... o mar é grande... a serra é grande... e tem neve... a neve é branca... branco é o leite... o leite vem da vaca... a vaca tem cornos... #$$###???!!!)

4 comentários:

Xana disse...

Eu admiro muito as pessoas que conseguem fazer humor em ou à custa dos momentos menos fáceis. :)

tikka masala disse...

Essa do tipo fixe é excelente, Dulce!
E não te preocupes com esses momentos. Se eles te fazem beber água, pelo menos têm uma grande vantagem!! A sério, é natural, nas pessoas sensíveis. E desculpa por ter dado azo a que te sentisses mal por minha causa.

Dulce disse...

Não, Tikka, isto já não tem nada a ver contigo. Ando susceptível. Mas já descobri: é a TPM. Abençoada TPM, que tantas coisas justifica... Beijinhos para ti, minha amiga!

Ilhota2 disse...

O título é fixee dá uma ajudinha no dia a dia...
a anedota tb ajuda
eheheheh