domingo, outubro 22, 2006

Vou fazer exactamente o que me apetece.

Deitar-me.
Aquecedor ligado, as gatas por ali...
Eu a ruminar ideias, a ler qualquer coisa, ou a não fazer nenhum. O tempo que me apetecer. Porque mereço, e já trabalhei hoje.

Daí, de longe, embalem os meus sonhos, que eu hoje quero ser uma menina pequenina. Durante umas horas.

Umas horas depois...
A minha ideia não era dormir. Mas apenas consegui reler um livrinho maravilhoso, pequenino, lê-se em poucos minutos, mas a sua mensagem é muito importante. (O Pássaro da Alma, de Michal Snunit, editora Vega)
Depois apaguei a luz para descansar os olhos. Fechei-os. Acordei 3 horas depois. E agora segue-se uma canjinha, um banho, e uma noite de sono. ;)
Quem muito dorme, pouco aprende!

Sem comentários: